Sofala projecta criar três áreas de conservação comunitárias

Sofala projecta criar três áreas de conservação comunitárias

Na província de Sofala, está em perspectiva a criação de três áreas de conservação comunitárias, nos distritos de Nhamatanda e Dondo, que deverão ajudar na gestão de recursos faunísticos do Parque Nacional de Gorongosa.

O representante da Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC), Armindo Armane, associou o projecto ao aumento da população animal no Parque Nacional da Gorongosa, o que requer uma nova abordagem na gestão dos recursos faunísticos.

“Esta manifestação foi feita pela própria comunidade e ela mesma, mediante o diagnóstico participativo, definiu a porção da área da comunidade que deve ser alocada para a área de conservação comunitária, que neste são os 5 400 hectares na zona oeste do povoado de Namacuengere, fronteira com o Parque Nacional da Gorongosa”, disse.

O administrador do Parque Nacional da Gorongosa, Pedro Muagura, disse que além das vantagens ambientais, as futuras áreas de conservação de Bebedo, Nhampoca e Namacuengere irão impulsionar o desenvolvimento sócio-económico local.

Partilhar este artigo