“Sete em cada dez milionários investem em criptomoedas” – aponta relatório

“Sete em cada dez milionários investem em criptomoedas” – aponta relatório

O último Relatório de Riqueza Mundial (WWR) da Capgemini revela que há cada vez mais novos milionários, isto é, indivíduos com um património líquido avaliado em 1 milhão de dólares– sem contar com a habitação onde residem – que são fruto de um investimento em activos digitais, em especial criptomoedas.

“Com o actual rali do mercado de acções, as grandes fortunas tentam diversificar o seu portfólio de activo. Entre os inquiridos por esta pesquisa, 72% afirmam ter investido em criptomoedas e 74% (face a uma pergunta independente) confessam que apostaram noutro tipo de activos digitais”, revela o relatório.

Por outro lado, o número de indivíduos com alto património líquido (HNWI) cresceu 6,3%, enquanto a sua riqueza aumentou 7,6% em 2020, para atingir quase 80 mil milhões de dólares.

Neste ranking, a América do Norte superou a região da Ásia-Pacífico, tornando-se o abrigo número de milionários do mundo e ainda a região cuja a soma global de fortunas é a mais elevada.

Partilhar este artigo