Restauração de áreas degradadas precisa de 700 milhões de meticais

Restauração de áreas degradadas precisa de 700 milhões de meticais

O Ministério da terra e Ambiente esta preocupado com o nível de desmatamento das florestas no país.

A situação deve-se ao facto de muitas famílias moçambicanas terem como fonte de rendimento os recursos florestais.

Para o efeito, Moçambique precisa de mais de 700 milhões de meticais para restaurar áreas degradadas do país, até 2030.

A chefe de departamento de Gestão de Florestas no Ministério de Terra e Ambiente, Cármen Baptista explicou a rádio Moçambique que sector tem estado a desenvolver actividades que estimulam a preservação das áreas de conservação.

Falando este fim-de-semana, à margem da Quinta Reunião Anual de Restauração de Paisagem Florestal em África, Cármen Baptista explica que há necessidade de potenciar as comunidades na gestão das áreas de conservação.

O sector da Terra e Ambiente quer, até 2030, restaurar cerca de 464 mil hectares de terras degradadas.

Partilhar este artigo

Deixe uma resposta