Programa Sustenta em Cabo Delgado vai financiar 17 mil produtores comerciais

Programa Sustenta em Cabo Delgado vai financiar 17 mil produtores comerciais

Cerca de 17 mil novos pequenos produtores comerciais emergentes vão ser financiados para a campanha agrária 2021/2022, através do fomento directo de diversas culturas, por meio dos pacotes tecnológicos, na província de Cabo Delgado.

A iniciativa, inserida no âmbito da implementação do programa SUSTENTA, que já vai na sua segunda fase, dispõe para esta fase, 30 mil pacotes tecnológicos de amendoim, milho e feijões e prevê beneficiar 30 agregados familiares, entre deslocados internos devido ao terrorismo e famílias acolhedoras.

 O facto foi tornado público na semana passada, em Pemba, pelo secretario de Estado na província de Cabo Delgado, António Supeia, no acto do lançamento da segunda chamada do SUSTENTA, tendo acrescentado que os abrangidos serão assistidos por 300 extencionistas.

Para o adiministrador do distrito de Chiúre, Oliveira, a implementação da segunda fase do SUSTENTA vai impulsionar a produção agrícola no seu distrito.

O Programa SUSTENTA em curso desde o ano de 2020, em todo país, contemplou, na sua primeira fase, 19 Pequenos Produtores Comerciais Emergentes na província de Cabo Delgado.

Partilhar este artigo