Pesca exporta 4000 toneladas no primeiro semestre

Pesca exporta 4000 toneladas no primeiro semestre

De acordo com o Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas de Moçambique, os operadores pesqueiros exportaram cerca de 4000 toneladas de produtos pesqueiros nos primeiros seis meses deste ano. A quantidade corresponde a 34% do plano anual do sector e um crescimento de 11% quando comparado com mesmo período do ano passado. 

A informação foi dada pela Augusta Maita, Ministra do Mar, Águas Interiores e Pescas, durante avaliação do resultado da campanha de pesca ao longo dos primeiros seis meses. 

“Queremos um salto quantitativo e qualitativo nas nossas exportações, mas o sucesso depende da conquista de novos mercados e do cumprimento das exigências e certificações impostas para colocar o país na rota do comércio global”, disse Maita, citada pela Carta. 

Durante a primeira metade de 2021, a pesca do país atingiu uma produção global de cerca de 230.000 toneladas, totalizando 48% da produção anual planejada. Teve igualmente um crescimento de 4%, em comparação com o mesmo período em 2020.

Destacou que o sector pesqueiro do país impõe, a cada ano, um período de defeso para a pesca do camarão de superfície e do caranguejo do mangue, na tentativa de garantir a sua sustentabilidade.  

Segundo a ministra, apesar dos avanços alcançados até agora, relatos sobre a constante matança de espécies protegidas em águas marinhas e interiores representam uma grande preocupação para as autoridades pesqueiras.

Partilhar este artigo