Moçambique reabre 95% das empresas durante a pandemia

Moçambique reabre 95% das empresas durante a pandemia

Em Moçambique a pandemia do covid-19 levou cerca de 2 250 empresas ao encerramento em 2020. Agora, a ministra do Trabalho e Segurança Social, Margarida Talapa, informou que 95% dessas firmas já retomaram os trabalhos.

“Estamos numa boa fase, as empresas de quase todos os ramos reabriram. Mas temos um desafio de 5% das empresas que ainda não retomaram e essas empresas têm-nos diariamente mantido a par sobre os passos para o início dos seus trabalhos”, acrescentou.

Ainda de acordo com a governante, as províncias de Tete e Cabo Delgado são as que têm um número maior de empresas que permanecem sem funcionar.

“A província que nos preocupa neste momento é a de Cabo Delgado e sabemos que, com a situação do terrorismo naquele ponto do país, muitas empresas, que já atravessam momentos difíceis por causa da pandemia, viram-se forçadas a encerrar por causa dos ataques e continuam com as actividades paralisadas”, explicou.

Com a reabertura das empresas, retomaram os seus postos cerca de 52 mil trabalhadores. Aproximadamente quatro mil fazem parte das empresas por reabrir, encontrando-se assim “em casa”.

Partilhar este artigo

Deixe uma resposta