Moçambique participa da semana africana de energia

Moçambique participa da semana africana de energia

Moçambique vai participar da Semana Africana de Energia (AEW) 2021 na cidade do Cabo, na África do Sul, de 9 a 12 de Novembro próximo. A Câmara Moçambicana do Petróleo de Gás (MOGC) vai representar o país com o compromisso de expor as oportunidades de investimento.

A Câmara do Petróleo e Gás pretende enfatizar a importância do papel do país para o desenvolvimento no sector energético de África. Um dos pontos em que se vai apoiar é sobre as potencialidades da Área-1 Offshore. Esse ponto no alto mar moçambicano tem reservas estimadas em 75 trilhões de pés cúbicos de recursos naturais recuperáveis.

A indústria de petróleo e gás do país deverá crescer durante a próxima década após a descoberta de mais de 180 TCF (trilhões de pés cúbicos) de reservas de gás natural na Bacia do Rovuma.

As oportunidades na indústria do petróleo e gás de Moçambique incluem a construção de até seis fábricas de GNL, lideradas pela Total S.A. Espera-se que o Afungi LNG Park entre em produção em 2024, com a sua produção destinada aos mercados doméstico, asiáticos e europeus.

Moçambique alberga o maior projecto de investimento directo estrangeiro de sempre em África, o Moçambique LNG.

“Moçambique tem recursos substanciais, desde combustíveis fósseis a energias renováveis. Particularmente, mostra um enorme potencial na sua indústria de gás natural”, declarou o Director de Conferência da AEW 2021.

A AEW 2021 apresentará a primeira African Energy Village. Trata-se de uma exposição interactiva e evento de rede que visa unir as partes interessadas em energia africanas, impulsionar o crescimento e o desenvolvimento da indústria e promover a África como o destino de eventos com foco no continente.

Partilhar este artigo