Moçambique com deflação em Julho pelo quarto mês consecutivo

Moçambique com deflação em Julho pelo quarto mês consecutivo

Moçambique continuou a registar uma ligeira deflação (redução de preços) em Julho face ao mês anterior, de 0,52% para 0,24% anunciou esta quarta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo o INE, dados recolhidos em Julho findo, nas Cidades de Maputo, Beira e Nampula, quando comparados com os do mês anterior, indicam que o País registou uma deflação na ordem de 0,24%.  

Tal como no mês anterior, a divisão de Alimentação e bebidas não alcoólicas, foi a de maior destaque, ao contribuir no total da variação mensal com cerca de 0,25 pontos percentuais (pp) negativos de acordo com o boletim do IPC divulgado esta quarta-feira.

“Quanto a variação mensal por produto, importa destacar a queda dos preços do tomate (3,8%), da couve (10,7%), da alface (14,1%), do peixe fresco (1,6%), do repolho (15,7%), de veículos automóveis ligeiro em segunda mão (1,0%) e da farinha de mandioca (14,7%). Estes contribuíram no total da variação mensal com cerca de 0,30pp negativos”, lê-se no documento.

No entanto, de acordo com INE, alguns produtos com destaque para o carapau (1,5%), o carvão vegetal (1,9%), as cadeiras (6,1%), o óleo alimentar (0,8%), as capulanas (0,6%), o peixe seco (0,5%) e o limão (24,1%), contrariaram a tendência de queda, ao contribuírem com cerca de 0,14pp positivos.

Partilhar este artigo