Maior fundo soberano do mundo bate recorde e soma mais 100 mil milhões de dólares

Maior fundo soberano do mundo bate recorde e soma mais 100 mil milhões de dólares

O fundo soberano da Noruega, avaliado em 1,4 biliões de dólares, sendo por isso considerado o maior do mundo, conseguiu arrecadar mais 110 mil milhões de dólares, no primeiro semestre.

O fundo, com sede em Oslo, devolveu quase 14% em acções, e perdeu apenas 2% nos investimentos de rendimento fixo. Segundo Executive Digest, as participações imobiliárias não listadas ganharam 4,6%, enquanto os investimentos em infraestruturas ligadas às energias renováveis sofreram uma quebra de 1,9%.

Para Nicolai Tangen, director executivo do fundo soberano há quase um ano, “a inflação é a maior ameaça para as ações e obrigações com uma natureza mais vulnerável”.

Desde que Tangen assumiu o cargo, o fundo assumiu um compromisso público com a sustentabilidade. O executivo pretende apontar mais o investimento para empresas ligadas ao ESG e limitar a exposição do fundo a mercados emergentes, como parte da mesma estratégia.

Criado na década de 1990 para investir as receitas do petróleo e do gás da Noruega no estrangeiro, o fundo começou no início deste ano a aplicar mais dinheiro na pasta de investimento nas energias renováveis. Esta mudança representa uma expansão da lista das classes de activos abrangidos por este fundo, que estava limitado a acções, títulos e imóveis.

Partilhar este artigo