KOICA desembolsa 4M$ para assistência alimentar aos deslocados em Cabo Delgado

KOICA desembolsa 4M$ para assistência alimentar aos deslocados em Cabo Delgado

A Agência Coreana de Cooperação Internacional (KOICA) anunciou, esta quarta-feira, a entrega de 4 milhões de dólares ao Programa Mundial de Alimentação (PMA) no País para minimizar a insegurança alimentar das pessoas afectadas pelos ataques armados em Cabo Delgado.

A doação será também usada para restaurar ecossistemas locais e fortalecer a resiliência da comunidade a eventos climáticos extremos, na província de Cabo Delgado, nos próximos três anos.

Para o efeito, assinaram o acordo a directora da KOICA em Moçambique, Jinjoo Hyun, e a directora e representante do PMA em Moçambique, Antonella D’Aprile.

O montante será entregue ao PMA no âmbito do projecto intitulado “Melhorar a segurança alimentar e a resiliência das comunidades vulneráveis e contribuir para o nexo Humanitário-Desenvolvimento-Paz em áreas fragilizadas do norte de Moçambique”.

A contribuição visa capacitar dezenas de milhares de pessoas afectadas por conflitos em curso no norte de Moçambique, em linha com os esforços mais amplos de estabilização e construção da paz na região.

“Este projecto, implementado no âmbito do Programa de Conflito e Fragilidade, aumentará a resistência de 50 mil beneficiários e apoiará os seus esforços para construir um futuro pacífico e resiliente, dando prioridade às famílias chefiadas por mulheres”, frisou Jinjoo Hyun, tendo destacado a eclosão de uma nova onda de ataques terroristas em Cabo Delgado, com potencial para provocar novos deslocamentos, pelo que urge uma intervenção.

Já a directora do PMA, disse que os fundos serão usados para alimentação e criar oportunidades de geração de rendimento no âmbito das cadeias de valor agrícolas e das pescas, com especial foco na capacitação de mulheres e jovens.

Partilhar este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.