Já há interessados em investir nas zonas recuperadas em Cabo Delgado

O Instituto Nacional do Turismo diz que há investidores a manifestarem interesse de voltar a operar nas zonas da província de Cabo Delgado que foram recuperadas pelas forças de defessa e segurança.

As notícias da recuperação de algumas zonas que tinham sido ocupadas pelas terroristas estão a reanimar os investigadores que tinham abandonado os distritos devido aos conflitos.

À Rádio Moçambique, o director Geral do Instituto Nacional do Turismo, Marco dos Anjos disse que o sector tem estado em contacto permanente com os investidores para se analisar as oportunidades.

Marco Dos Anjos falava esta quinta-feira, em Maputo, na cerimónia de assinatura um memorando de entendimento com a ARECMO- a Associação de Restauração e Catering de Moçambique.

O instrumento rubricado prevê o reforço da cooperação entre o INATUR e a ARECMO com o foco virado a componente de formação para melhoria da qualidade dos serviços da hotelaria e turismo no país.

O Presidente a Associação de Restauração e Catering de Moçambique, Aurélio Mausse, diz que a agremiação olha para a província de cabo delgado como um local que fornece oportunidades de investimento.

Partilhar este artigo