Inaugurado o complexo de produção de frango

Inaugurado o complexo de produção de frango

Com um investimento de 640 milhões de meticais, o empreendimento deverá ter 12 pavilhões, sendo cada um com capacidade de albergar 56 mil pintos em cada ciclo, com uma produção de 5 milhões de frango ano. 

A inauguração da unidade fabril, localizada em Namaacha, província de Maputo, foi testemunhada pelo ministro de Agricultura e Segurança Alimentar, Celso Correia. 

Na intervenção, Celso Correia, destacou que o Governo está determinado a combater o contrabando do frango, garantindo que tem havido esforços a nível central e nas administrações locais nesse sentido. Num momento de incertezas, em resultado da COVID-19, o governante destacou que a produção nacional está a aumentar.

“Estamos a assistir, neste momento, ao aumento da produção na ordem de 16,6 %, se comparado ao igual período do ano passado. O grande desafio tem a ver com disponibilidade de ração, mas que mesmo assim, o sector está a registar melhorias. O contrabando é um dos constrangimentos para o crescimento do sector no país e estamos sensíveis a esse cenário”, referiu.

O governante destacou ainda que a província de Maputo passará a contar com mais extensionistas. 

“Antes existiam pouco mais de 90. Agora, há aumento de pessoal em mais de 100%. Graças a esse trabalho formativo, o país passará a ter mais 2 mil extensionistas na próxima campanha agrícola, o que poderá ajudar nos esforços do aumento da produção e da produtividade”, salientou.

Depois da inauguração, foram entregues 13 tratores para dinamizar a produção na província de Maputo e 150 motorizadas para igual número de extensionistas, que na ocasião prestaram juramento e mostraram-se prontos para auxiliar os produtores nos distritos em que foram alocados. Os referidos equipamentos fazem parte do projecto SUSTENTA.

Partilhar este artigo