Governo quer apoiar agentes económicos afectados pelas acções terroristas

Governo quer apoiar agentes económicos afectados pelas acções terroristas

Governo da Província de Cabo Delgado está a fazer o registo dos agentes económicos e pequenos comerciantes, cuja actividade foi afectada pelas acções dos terroristas, no norte da província.

 Nocifo Magaia, director da Indústria e Comércio, na província de Cabo Delgado, disse que devido aos avultados danos sofridos pelos comerciantes, o governo estuda duas formas de intervenção.

“Uma, é sobre os agentes económicos que, estão relacionados com os grandes projectos de abastecimento à cadeia alimentar ao nível dos grandes projectos da bacia do Rovuma, outra esta ligada a grupos de agentes económicos locais, responsáveis pelo abastecimento as aldeias, barracas, lojas e cantinas”, explicou. 

Nocifo Magaia adiantou que o governo já fez o levantamento de cerca de 3 mil agentes económicos para intervenção. 

Partilhar este artigo