Governo busca alternativas para reformas económicas

Governo busca alternativas para reformas económicas

Num contexto em que a pandemia da Covid-19 reduz o impacto da reforma económica para a melhoria do ambiente de negócios em Moçambique, o Governo está a busca de soluções alternativas para a revitalização da economia.

A informação foi avançada pela Vice-Ministra da Economia e Finanças, Carla Louveira, no fórum económico realizado recentemente em Maputo e que decorreu sob o lema: “Que opções de política económica em Moçambique para revitalizar a economia face a pandemia da Covid-19?”.

Segundo ela, antes da eclosão da pandemia, a economia nacional encontrava-se numa trajectória de recuperação gradual, após o aumento dos níveis de endividamento público em 2016 e da ocorrência dos ciclones Idai e Kenneth em 2019.

“Registamos um crescimento de 3,4% em 2018 e outro de 2,2% em 2019. Todavia, o eclodir da pandemia da Covid-19 em 2020, associado a outros choques, tais como a queda dos preços das matérias-primas no mercado internacional, a depreciação cambial, os choques climatéricos e a instabilidade conduziram a uma contracção da actividade económica no país de 1,3% em 2020”, disse.

A fonte acrescentou que é neste contexto que o “Executivo” constatou haver uma necessidade de se ajustar as reformas económicas em curso ao cenário resultante do impacto da pandemia.

“Este cenário levou o Governo a revisitar o Cenário Fiscal de Médio Prazo 2022-2024, recentemente aprovado, com vista a ajustar os pressupostos macroeconómicos da conjuntura nacional às medidas de política, para a mitigação da pandemia da Covid-19 rumo a revitalização da economia e cumprimento do Programa Quinquenal do Governo 2020-2024”, frisou.

De recordar que o primeiro fórum de debate teve lugar em Dezembro do ano passado, no qual foi feita uma apresentação sob o tema “O impacto macroeconómico da Covid-19 em Moçambique: Uma abordagem baseada na Matriz de Contabilidade Social”. O tema buscou avaliar os custos económicos da pandemia, recorrendo a um modelo de multiplicadores de contabilidade social.

Segundo informações trata-se de um fórum de debate, criado no âmbito do envolvimento de todos os segmentos da sociedade, em busca de alternativas que possam contribuir para as reformas económicas em curso no país.

Partilhar este artigo

Deixe uma resposta