Gás natural triplica investimento estrangeiro em Moçambique

Gás natural triplica investimento estrangeiro em Moçambique

O Governo estima que o Investimento Direto Estrangeiro (IDE) no país deverá mais do que triplicar no próximo ano, impulsionado pelos negócios da exploração do gás natural, segundo a proposta orçamental para 2024.

Para 2024, o Governo aponta para um crescimento do IDE de 1.425 milhões dólares, na estimativa para este ano, para 4.778 milhões de dólares no próximo.

“No que concerne ao Investimento Direto Estrangeiro (IDE) para 2024, perspetiva-se uma melhoria, influenciada maioritariamente pela retoma dos investimentos da TotalEnergies na Bacia do Rovuma”, lê-se no relatório que é citado pela Lusa.

Ainda no mesmo relatório, o Governo estima para 2024 um “incremento assinalável de importações de serviços especializados por parte dos grandes projectos” em curso no país, além da “retoma da operação por parte da TotalEnergies”, projecto da multinacional francesa, avaliado em mais de 20 mil milhões de dólares.

O PESOE prevê que Moçambique feche o ano de 2024 com um volume de Reservas Internacionais Líquidas (RIL) de 2.235 milhões de dólares, suficientes para garantir três meses de necessidades de importação de bens e serviços, contra 2.433 milhões de dólares de previsão para o fecho deste ano, suficientes para 3,7 meses.

Partilhar este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.