Falta de Chips atrasa produção de carros da Mercedes-Benz

Falta de Chips atrasa produção de carros da Mercedes-Benz

O presidente-executivo da Daimler (DAIGn.DE), Ola Kallenius, disse, na última sexta-feira, que a falta de chips para a produção de carros eléctricos está a gerar atrasos. Os clientes que encomendaram viaturas têm pela frente mais de um ano de espera.  

“A demanda é enorme na Mercedes-Benz e ao mesmo tempo há limitações severas. Para determinados modelos, o tempo de espera será mais longo, em alguns casos mais de um ano”, avançou o CEO, citado pela Reuters.

Os veículos mais dependentes dos chips são tradicionalmente os mais complexos, com mais equipamento e tipicamente os mais caros. Com isto, prevê-se um rombo maior nas contas da marca. Alé m disso, os veículos eléctricos da Mercedez vão estar entre os mais lesados pelos atrasos, dado que serão os que vão recorrer a chips mais sofisticados.

Kaellenius repetiu uma previsão anterior, segundo a qual os problemas com o fornecimento de chips continuariam em 2023. Isto tambem se deve aos problemas estruturais e os bloqueios induzidos pela pandemia nos principais países fornecedores persistem.

Apesar disso as outras fabricantes de eléctricos esperam ver os problemas de semicondutores resolvidos até ao final do próximo ano.

Partilhar este artigo