Facebook reafirma intenção de construir um Instagram para menores de 13 anos

Facebook reafirma intenção de construir um Instagram para menores de 13 anos

O Instagram para menores de 13 anos pretende ser uma nova experiência para as crianças e será gerido em grande parte pelos pais e guardiões dos menores. A Facebook defende esta criação como sendo uma forma de “reduzir o incentivo às pessoas com menos de 13 anos de mentirem sobre a sua idade.

A realidade é que já estão online e não há qualquer forma infalível de fazer com que as pessoas não mintam sobre a sua idade. Queremos construir experiências desenhadas especificamente para elas, geridas pelos pais e guardiões”, lê-se na comunicação oficial publicada no blogue da Facebook.

Rumores sobre esta rede para menores surgiram em março e em Maio 44 procuradores-gerais dos EUA assinaram uma carta conjunta dirigida a Zuckerberg onde pediram que abandonasse estes planos, invocando questões de privacidade e de saúde mental.

A empresa avançou na mesma com o Instagram Youth (nome ainda a confirmar) e reforçou que o intuito era precisamente incluir mais ferramentas e funcionalidades de segurança para proteger esta faixa da população, nomeadamente com a predefinição de que as contas de menores de 16 anos não pudessem ter interações com desconhecidos e seriam sujeitas a campanhas publicitárias específicas, noticia a CNN.

O grupo pretende empregar algoritmos de Inteligência Artificial para verificar a idade dos utilizadores e remover as de menores. Um exemplo de utilização da ferramenta é quando alguém dá os parabéns a outra pessoa, a ferramenta consegue cruzar os dados para validar se a idade que está registada é a verdadeira. “Queremos aplicar esta tecnologia em todas as nossas apps, criar experiências adequadas a cada faixa etária e implementar medidas de segurança para os mais novos”, continua o blogue.

Josh Golin, director no grupo de defesa das crianças Fairplay, considera que “a Facebook estar a oferecer melhores defesas de segurança para os adolescentes, no entanto, não muda o facto de que o Instagram Youth é uma péssima ideia e de que vai fazer mais mal do que bem. O Instagram mais seguro para os mais pequenos é nenhum Instagram de todo”.

“Vazou antes que estivéssemos prontos para falar sobre isso, portanto, para já, não temos muitas respostas, mas é definitivamente algo em que estamos a trabalhar porque eu considero, pessoalmente, que é algo que vai conduzir para um lugar muito mais seguro”, assumiu Adam Mosseri, o CEO do Instagram.

Partilhar este artigo