Escritor moçambicano participa da Feira do Livro Africano em Paris

Escritor moçambicano participa da Feira do Livro Africano em Paris

O escritor moçambicano Agnaldo Bata participou, de 24 a 26 de Setembro, na primeira edição da Feira do Livro Africano, em Paris, França. Bata levou para a cidade da torre Eiffel o romance “Sonhos Manchados, Sonhos Vividos”.

“Correu muito bem. Foi algo de que eu não esperava. Havia muita gente interessada pela literatura feita pelos africanos e sobre África”, disse Bata numa entrevista à RFI.

Embora não tenha participado dos vários debates no decurso do evento, Bata disse que houve várias trocas de experiências entre autores.

“Naqueles em que consegui participar notava-se um interesse em temas que são transversais”, revelou.

Apesar de se tratar da primeira edição – o que surpreendeu o autor – agora “o maior desafio é tornar a feira anual”.

Por coincidência ou não, naquela cidade europeia, o autor moçambicano está a estudar Ciências Sociais na Universidade Paris VIII.

Agnaldo Bata nasceu em 1991, na cidade de Maputo, e já tem um portfólio considerável de peças teatrais e romances publicados, destacando o livro autobiográfico “Na terra dos Sonhos”, e o romance “Sonhos Manchados, Sonhos Vividos”.

Partilhar este artigo