Engenheiro espanhol criou máquina capaz de extrair água a partir do ar

Engenheiro espanhol criou máquina capaz de extrair água a partir do ar

Uma máquina desenvolvida por um engenheiro espanhol de 82 anos, Enrique Veiga, é capaz de produzir água potável a partir do ar. O inventor acredita que a máquina pode ser útil para acabar com as necessidades de água em países onde a escassez deste recurso é um problema diário.

“O objectivo é chegarmos a sítios como campos de refugiados onde não têm água potável”, conta Veiga à Reuters citado pelo Notícias ao Minuto. “As pessoas ficaram estupefactas nas vilas que visitámos na Namíbia, não compreendiam e perguntavam de onde vinha a água”.

A máquina de Veiga é capaz de gerar entre 50 a 75 litros por dia, sendo que as maiores versões desta máquina podem chegar até aos 5 mil litros. “A nossa ideia é não só fazer um dispositivo que é eficaz, mas que seja útil para as pessoas, que têm de andar quilómetros para irem buscar água ou cavar poços”, contou Veiga.

Esta máquina foi originalmente inventada por Veiga nos anos 1990, mas, na altura apresentava algumas limitações que não a tornavam uma opção viável, como a incapacidade de funcionar com temperaturas acima dos 40ºC ou humidade acima dos 8%.

Entretanto a máquina continuou a ser desenvolvida e está hoje preparada para este tipo de situações, sendo capaz de aguentar em temperaturas até 40ºC e com níveis de humidade entre os 10 e os 15%.

Partilhar este artigo