Cabo Delegado: UE aprova 15 milhões de euros para apoiar missão militar

Cabo Delegado: UE aprova 15 milhões de euros para apoiar missão militar

O Comité Político e de Segurança (CPS) da União Europeia (UE) aprovou hoje  15 milhões de euros para apoiar  a Missão Militar da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) em Moçambique (SAMIM).

Averba foi aprovada depois do aval do Conselho, em Abril, a um programa geral de apoio à União Africana entre 2022 e 2024, ao abrigo do Mecanismo Europeu de Apoio à Paz.

Um comunicado citado pela Lusa refer que a verba vai servir para financiar a as fortificações de campo e contentores de armazenamento, equipamento médico, veículos e barcos, assim como dispositivos tecnológicos da SAMIM.

Com este valor, ficam completos 89 milhões de euros de financiamento às Forças Armadas e de Defesa de Moçambique destinada a equipar as unidades que são treinadas pela missão da UE no país.

O chefe da diplomacia da UE, Josep Borrell, inicia hoje uma visita de dois dias a Moçambique, em que vai reunir-se com o Presidente, Filipe Nyusi, e entregar equipamento não bélico para apoiar o combate anti-terrorista em Cabo Delgado.

Partilhar este artigo

Deixe uma resposta