Arranca a reabilitação de infra-estruturas públicas destruídas por ciclones

Arranca a reabilitação de infra-estruturas públicas destruídas por ciclones

Arrancam dentro de dias os trabalhos de reabilitação de 43 infra-estruturas públicas destruídas pelos ciclones Idai e Kenneth, nas regiões centro e norte do país.

Financiadas pelo Banco Mundial em cerca de 70 milhões de dólares, as obras contemplam unidades sanitárias, escolas, pontes, vias de acesso entre outras infra-estruturas.

O director executivo do Gabinete de Reconstrução pós-ciclones, Luís Mandlate, disse que a prioridade será dada aos distritos do Búzi e Nhamatanda, por terem sido os mais atingidos pelos ventos ciclónicos. 

Segundo os administradores dos distritos de Nhamatanda e Búzi, Tomé José e Maria Bernardete Roque, respectivamente, a reabilitação das infra-estruturas públicas danificadas pelo ciclone Idai terá um impacto directo na vida da população.

Na província de Sofala, o processo de reconstrução pós- ciclone Idai irá abranger, numa primeira fase, 15 habitações. 

Partilhar este artigo

Deixe uma resposta