África do Sul quer mais energia de Moçambique

África do Sul quer mais energia de Moçambique

O ministro da Energia da África do Sul, Gwede Mantashe, disse que o seu país vai precisar de mais fornecimento de energia de Moçambique para compensar o défice gerado pelo encerramento de centrais eléctricas a carvão.

“Estamos a desactivar centrais de energia a carvão e tomámos uma medida concreta de substituir essas centrais por tecnologia a gás e isso vai aumentar a quantidade de gás que se espera que Moçambique nos forneça”, afirmou Gwede Mantashe.

O governante sul-africano esteve recentemente em Maputo, onde manteve um encontro com o seu homólogo moçambicano, Max Tonela.

Cada central eléctrica a carvão que a África do Sul desmantelar será uma oportunidade de mercado para Moçambique, porque este país é rico em gás natural e energia hídrica, acrescentou.

“Temos 16 centrais eléctricas a carvão e todas estão sob pressão para fecharem e serem substituídas por tecnologias que permitam a redução de emissões de carbono, essa é uma oportunidade para Moçambique agarrar”, referiu o ministro da Energia da África do Sul, citado pela Lusa.

Segundo Mantashe, a África do Sul já compra gás natural produzido pela petrolífera Sasol em Temane, província de Inhambane, tendo acrescentado que tem vindo a discutir com Max Tonela formas de os dois países explorarem mais vias de reforço de fornecimentos de energia.

O ministro da Energia e Recursos Minerais de Moçambique disse na ocasião que há um “largo espaço” para a intensificação da cooperação com a África do Sul no sector energético, assinalando que o país tem “disponibilidade” de fontes de energia limpa.

“A energia é um recurso que tem de ser usado para o desenvolvimento da nossa economia, mas também para a exportação”, declarou Max Tonela.

Moçambique, prosseguiu, conta com a sua riqueza energética como activo para a integração das economias da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

Além do gás natural que compra de Temane e canalizado através de um gasoduto, a África do Sul recebe igualmente energia da Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB), localizada na província de Tete.

Partilhar este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.