África: Cabo Verde na lista dos que mais vacinaram contra a Covid-19

África: Cabo Verde na lista dos que mais vacinaram contra a Covid-19

Cabo Verde vacinou um quinto da população contra a Covid-19 até 30 de setembro. A proporção corresponde ao dobro da meta fixada em Maio pela Assembleia Mundial da Saúde para todos os países.

Nesse período, somente 15 nações africanas atingiram a marca de 10% de pessoas imunizadas, ou cerca de um terço dos Estados do continente.

Segundo uma nota publicada esta quinta-feira, estima que 90% dos países de alta renda alcançaram essa meta. Em África somente as Ilhas Seicheles e Maurícias vacinaram totalmente mais de 60% das suas populações.

O Comunicado refere que nações que alcançaram a meta global têm relativamente poucos habitantes. Ou seja, pelo menos 40% são pequenos países-ilha em desenvolvimento. Em setembro, a entrega de imunizante cresceu dez vezes em relação a Junho, lê-se no referido comunicado.

Marrocos atingiu 48%. Cabo Verde, Tunísia e Comores alcançaram 20% de pessoas imunizadas.

Países com baixa população na dianteira

A grande maioria das nações africanas que cumpriram o prazo têm populações relativamente baixas. Pelo menos 40% são pequenos Estados insulares em desenvolvimento.

Outros factores que distinguem o grupo de nações cumpridoras é a disponibilidade de suprimentos suficientes de vacinas.

A plataforma global, que pretende garantir acesso equitativo às vacinas, disse que 21 países africanos beneficiários na região imunizaram totalmente até 2% das populações.

Para o coordenador do Programa de Desenvolvimento de Vacinas e Imunização do Escritório Regional da OMS para África, Richard Mihigo, os ganhos ainda são modestos.

O especialista disse haver um longo caminho a percorrer para atingir a meta de vacinar 40% da população com todas as doses até o final do ano. As remessas estão a aumentar, mas a indefinição nos planos de entrega é o principal obstáculo

Entre os nove países que atingiram um décimo da população imunizada estão África do Sul, Marrocos e Tunísia que chegaram à marca no início de Setembro. Outras seis nações aceleraram o desempenho com o aumento das entregas.

No total, 23 milhões de vacinas contra a Covid-19 chegaram a África em Setembro, um aumento em 10 vezes se comparado com Junho. 

Fonte: ONU News

Partilhar este artigo