A liderança responsável e a construção de um espaço ideal para trabalhar

A liderança responsável e a construção de um espaço ideal para trabalhar

Questionamos, cada vez mais, os ambientes em que trabalhamos, independentemente do cargo que ocupamos. No Absa Bank Moçambique criar uma atmosfera que sirva o propósito laboral de todos os colaboradores é fundamental para que haja crescimento da empresa e progresso de carreira de todos.

Nesse sentido, e de forma a mantermos uma cultura organizacional saudável, enfatizamos os nossos valores e tornamo-los claros, com trabalho inclusivo, oportunidades, feedback e reconhecimento, e uma política de equilíbrio entre vida profissional e pessoal. E porquê? Porque acreditamos que cada vez mais, a liderança é uma acção que não se limita aos cargos mais elevados, mas sim, que todos os colaboradores, à sua medida, devem ter características de liderança e que podem participar nas actividades que impactam as decisões dentro do Banco.

Embora esta noção de liderança participativa possa parecer subjectiva, o que pretendemos é que cada colaborador saiba que tem uma palavra a dizer no desenvolvimento da nossa organização. Acima de tudo, que essa palavra possa ser implementada e fazer a diferença na vida de todos. Durante muitas décadas vivemos num sistema laboral onde a hierarquia era vertical e somente quem estava nos lugares de topo é que tinha poder de decisão; actualmente, isso já não é assim. Cada vez mais, é dada primazia e destaque a uma hierarquia horizontal, onde a participação de todos é privilegiada.

E que características é que são importantes quando falamos desta liderança responsável? Coisas como ter iniciativa, paixão pelo que se faz, humildade, compreender bem os valores, a missão, a visão do Banco, a vontade de aprender e capacidade de comunicação, são determinantes quando envolvemos cada colaborador na nossa estrutura.

Por outro lado, no Absa tentamos, diariamente, dar ferramentas para que essas características sejam destacadas e é por isso que há áreas, cuja a sua actividade assim o permite, que privilegiam o trabalho a partir de casa (work from home), aumentando a confiança que a instituição tem em cada um dos seus colaboradores. Sabemos também, que ao contrário do que aconteceu durante muitos anos, não é preciso trabalhar mais do que aquilo que o nosso corpo aguenta para se destacar no seu ambiente de trabalho: é necessário ouvir, confiar, delegar, comunicar e apresentar resultados.

Num Banco de Pessoas para Pessoas, como o nosso, onde diariamente lidamos com colegas e clientes, a empatia, o conhecimento e a comunicação eficaz tornam-se ferramentas essenciais. Contudo, é ainda mais relevante a existência de uma liderança responsável, humanizada e que esteja preparada para ouvir com atenção, com clareza e demonstrar empatia.

Directora de Pessoas e Cultura do Absa Bank Mozambique, Hanifa Hassangy

Partilhar este artigo

Deixe uma resposta