Governo quer potenciar integração da economia moçambicana no comércio internacional

O governo moçambicano pretende potenciar e melhorar a integração da economia nacional no comércio internacional, nos próximos tempos.

A promessa foi avançada pelo Secretário Permanente (SP) do Ministério da Indústria e Comércio (MIC), Jorge Jairoce, na primeira reunião do comité directivo, realizada há dias em Maputo, no contexto do lançamento da segunda fase do Projecto Quadro Integrado Reforçado (QIR), a ser implementada durante quinze meses.

Esta segunda fase resulta da confiança e abordagem expressa pelo Governo moçambicano à Organização Mundial do Comércio (OMC). Uma vez aprovado, o país, segundo Jairoce, demonstra o quão estratégico foi a primeira, em termos de impacto institucional, ambiente de negócios e comércio externo, com abordagem que estimule uma maior participação de empresas no ecossistema competitivo e económico, através da superação de barreiras, sobretudo do lado da oferta.

“A materialização dos objectivos desta segunda fase requer um esforço conjugado e coordenado, razão pela qual comércio internacional Governo potencia integração da economia oficializamos o comité directivo para que cada instituição integrada contribua, no dia-a-dia, permitindo que a jornada operacional da unidade logre resultados”, disse Jorge Jairoce, citado pelo jornal Notícias.

A fonte apelou para que o papel de cada instituição envolvida possa ser útil para maximizar esta oportunidade com impacto na melhoria da balança comercial e a forma como a agenda de integração económica continental, bilateral e de facilitação do comércio seja benéfica para as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME).

Espera-se que a segunda fase do QIR sirva também de nova ferramenta de conhecimento e oportunidade técnica para o reforço e capacitação institucional, atracção de investimentos, estímulo a novos projectos e iniciativas locais, através do envolvimento e apoio dos parceiros de cooperação.

O Quadro Integrado Reforçado (QIR) é uma iniciativa da Organização Mundial do Comércio (OMC), que teve início em 1997, no âmbito da assistência ao desenvolvimento do comércio, visto como factor importante na promoção do desenvolvimento económico e sustentável dos países menos avançados.

Partilhar este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.