Colapso de mina mata 22 pessoas na Tanzânia

Colapso de mina mata 22 pessoas na Tanzânia

O colapso de uma mina ilegal de ouro de pequena escala matou pelo menos 22 pessoas no norte da Tanzânia após fortes chuvas, disse um alto funcionário do governo neste domingo.

O acidente aconteceu na manhã de sábado na região de Simiyu, depois que um grupo de pessoas com idades entre 24 e 38 anos começou a minerar em uma área onde a atividade havia sido restrita devido às fortes chuvas, disse à Reuters Simon Simalenga, comissário distrital de Bariadi da região.

“Inicialmente fomos informados de que havia 19 a 20 pessoas presas nas minas, mas infelizmente acabámos por recuperar 22 corpos”, disse ele, acrescentando que a operação de busca e salvamento continuava, embora quase todos os escombros que os enterraram tivessem sido retirados. agora foi removido.

Simalenga disse que o grupo descobriu uma área rica em minerais cerca de duas a três semanas antes e iniciou a mineração antes que o governo tivesse aprovado procedimentos e segurança física e ambiental.

“O oficial regional de mineração os visitou e os impediu de minerar enquanto trabalhava nos procedimentos exigidos”, disse ele.

O grupo desafiou a ordem, acrescentou ele, começando a minerar na noite de sexta-feira, antes que parte da área desabasse e os enterrasse lá dentro.

O governo tem trabalhado durante anos para melhorar a segurança dos mineiros de pequena escala, mas a mineração ilegal, insegura e não regulamentada, ainda ocorre na Tanzânia, que é o quarto maior produtor de ouro de África, depois da África do Sul, do Gana e do Mali. (Texto: Reuters)

Partilhar este artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.